Músicos tentam reverter medida que proíbe música ao vivo em bares de Patos de Minas

Para dar espaço as atrações musicais os bares precisam mudar a razão social e ter laudo audiométrico

por Gustavo Oliveira
Fonte: Odair Cardoso - foto: Gustavo Brito.
25/02/2019 - 18h40

Patos Já - Músicos tentam reverter medida que proíbe música ao vivo em bares de Patos de Minas

Uma polêmica que teve início em 2017 segue com impasse entre o município, músicos e proprietários de bares e restaurantes em Patos de Minas. Desde então, uma determinação obriga os estabelecimentos que oferecem música ao vivo, a ter que contratar uma empresa para medir os decibéis, além de modificar a razão social, resultando na redução dos espaços para a apresentação dos artistas. Uma saída tomada por músicos de BH, pode ser a solução para o problema.

A decisão ocorreu após muitas reclamações de pertubação do sossego. O presidente da Associação dos Músicos de Patos de Minas, Ivan Rosa, disse que muitos dos donos de bares e restaurantes, optam por não oferecer espaço aos músicos, devido as dificuldades impostas pela medida, o que para ele prejudica os empresários, artistas e também o público, que como opção de lazer encontra poucos locais com música ao vivo.

Mas uma solução conseguida pelo Sindicato dos Músicos de Belo Horizonte pode por fim ao impasse em Patos de Minas. Na Capital, a categoria conseguiu judicialmente uma instrução normativa, que desobrigou os estabelecimentos a ter que contratar a empresa para dar o laudo audiométrico e mudar a razão social. Em contrapartida, os músicos se adequaram utilizando uma sonorização que impacte em menor proporção as residências próximas.

Ivan Rosa disse ainda que está reunindo assinaturas de músicos da cidade e que também tem buscado apoio político na Câmara Municipal, para tentar reverter a situação.



Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG