Professoras reclamam que foram barradas na imunização contra a Covid-19 em Patos de Minas

O município afirma que as educadoras não se enquadram nos critérios do Programa Nacional de Imunização

por Odair Cardoso
19/06/2021 - 17h00

Patos Já - Professoras reclamam que foram barradas na imunização contra a Covid-19 em Patos de Minas

Professoras de Patos de Minas querem entender porque foram barradas pela prefeitura para receber a imunização contra a Covid-19. O município afirma que elas não se enquadram nos critérios definidos pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

Em entrevista ao jornalismo da NTV e Patos Já, Débora e Rafaela contaram que trabalham com a educação particular, mas são cadastradas como microempreendedoras individuais. As duas afirmam que foram surpreendidas ao tentarem se vacinar contra a Covid-19, durante a etapa destinada aos profissionais da educação, quando foram barradas e impedidas de receber as aplicações. Inicialmente, segundo elas, a ouvidoria municipal teria confirmado que ambas poderiam ser vacinadas, mas que na sequência receberam a informação de que isso não seria possível.

Debora e Rafaela questionam o fato de que profissionais da educação em situação similar já foram vacinadas e elas não. Por meio de nota, a prefeitura afirmou que "as professoras não se enquadram nos critérios do Programa Nacional de Imunização (PNI), pelo fato de darem aulas domiciliares que não são consideradas como ensino regular. Além de que a documentação apresentada por elas é insuficiente para comprovar o exercício da função nas categorias de ensino priorizadas nesta etapa da vacinação".


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG