Familiares e amigos prestam homenagem para lembrar a morte do ex-vereador Cássio Remis

Jorge Marra aguarda júri popular na Penitenciária Deputado Expedito de Faria Tavares

por Aiandra Faria
24/09/2021 - 19h00

Patos Já - Familiares e amigos prestam homenagem para lembrar a morte do ex-vereador Cássio Remis

O assassinato de Cássio Remis, ocorrido na cidade de Patrocínio completou um ano nesta sexta-feira (24). O ex-vereador e pré-candidato nas Eleições 2020 foi morto a tiros pelo então secretário Municipal de Obras, Jorge Marra, irmão do prefeito reeleito na cidade, Deiró Marra, ao fazer uma transmissão via internet com denúncias sobre supostas irregularidades em obras do município.

Nesta sexta-feira foram realizadas homenagens. Familiares, entre eles o pai de Cássio, a mãe, sua esposa, Nayara Queiroz, e o irmão, além de amigos, e o ex deputado Durval Ângelo, que hoje está ligado ao Tribunal de Contas do Estado, se reuniram na porta da secretaria de obras, no local onde Cássio foi morto a tiros.

O momento foi de homenagens com declarações dos participantes, oração e a soltura de balões brancos pedindo paz e harmonia. No canteiro central da via foi plantado um pequeno jardim, que tinha como objetivo apagar as marcas de sangue deixadas no local e deixar o lugar mais bonito, um desejo de Cássio para a cidade, mas na madrugada desta sexta-feira (24) os familiares disseram que o jardim foi vandalizado e as faixas em homenagem a Cassio arrancadas. Segundo a prefeitura de Patrocínio, a secretaria de obras da cidade se encontra em reforma.

Uma missa será realizada hoje na Igreja Santa Luzia, em Patrocínio. No domingo (26) haverá celebração no Santuário de Nossa Senhora da Abadia, em Romaria, pois ele era devoto da Santa.

Segundo a mãe de Cássio, a vereadora Chiquita, ela vai tentar pôr em prática, ainda no seu mandato alguns projetos e sonhos do filho, mas, não especificou quais.

Ainda durante o ato, a família de Cássio pediu por justiça. Jorge Marra aguarda júri popular na Penitenciária Deputado Expedito de Faria Tavares, em Patrocínio. O julgamento ainda não tem data marcada, pois o recurso da defesa ainda não foi apreciado pela Justiça.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG