Laudo médico desmente que criança tenha sido abusada por marido de avó

A perícia constatou que não havia nenhum tipo de lesão corporal na região perineal da vítima.

por Caio Machado
19/05/2021 - 08h13

Patos Já - Laudo médico desmente que criança tenha sido abusada por marido de avó

Um laudo pericial emitido pela Polícia Civil nesta segunda-feira (17) atestou que não havia sinais de violência sexual na criança de cinco anos que alegou ter sido abusada pelo marido da avó em Lagoa Grande.

No domingo (16), a mãe da criança acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar para relatar que o filho havia lhe dito que teria sido abusado pelo marido da avó, com quem a criança reside em Lagoa Grande.

Segundo a denúncia, o marido da avó teria enfiado o dedo no orifício anal da criança por pelo menos 37 vezes. O suspeito não chegou a ser preso, devido a situação estar fora do flagrante.

A família da criança procurou a redação do Patos Já para desmentir a história e após ela passar pela perícia, o resultado aferiu que não havia nenhum tipo de lesão corporal na região perineal da vítima.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG