Mãe procura por filho desaparecido há 17 dias

Franci Junio foi visto pela última vez no dia 30 de maio, em Uberlândia

por Paula Mota
16/06/2022 - 14h30

Patos Já - Mãe procura por filho desaparecido há 17 dias

Uma mãe, desesperada, pede ajuda para encontrar o filho, que está desaparecido desde o dia 30 do mês passado. O rapaz saiu para receber o próprio salário e não retornou mais.

Franci Junio Alves de Queiroz, 25 anos, foi visto pela última vez no dia 30 de maio, em Uberlândia - MG. Ele saiu para trabalhar no dia 29, deixou o serviço no horário de intervalo e não retornou. No dia seguinte, ele foi novamente ao trabalho, que fica próximo ao mercado municipal, para receber o salário e não voltou para casa. Desde esse dia, a mãe de Franci, Vera Lúcia Alves de Souza, não teve mais notícias do filho.

Ela conta que sai todos os dias de casa para procurá-lo pelas ruas de Uberlândia, mas até hoje não o encontrou. Também já registrou boletim de ocorrências e tem feito acompanhamento com a polícia para saber notícias, mas nada ainda. Ela resolveu, então, pedir ajuda por meio de redes sociais e com parentes em outras cidades para descobrir o paradeiro do rapaz. A família morou por alguns anos em Varjão de Minas e tem parentes na região, como em Patos de Minas, Coromandel e outras cidades.

Um detalhe que ela nos revelou é que o filho queria muito sair da zona rural onde vive com a família. Mas ele não chegou a sinalizar que faria isso. Disse que ainda que ele não tinha rivalidades e nem parecia alterado, emocionalmente, por alguma situação que justifique o desaparecimento. Vera também conta como tem sido difíceis os dias sem o filho. Ela e o companheiro, pai de Franci, mal conseguem dormir ou comer, preocupados com o rapaz.

Nessa busca, a mulher tem recebido muitas ligações de ameaças e trotes, mas ainda assim, ela pede, novamente, a ajuda da população para encontrar seu filho. Franci Junio usava uma camiseta azul, com uma calça e um boné pretos. E tem ainda duas tatuagens, uma de cruz no pescoço e uma de terço no braço. Quem puder ajudá-los, pode entrar em contato por meio do telefone (38) 9 9748-8382.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG