Procon de Patos de Minas solicita que Ministério Público Federal investigue conduta de Bancos e do INSS

Pedido veio após aposentados relatarem descontos indevidos em seus benefícios

por Redação Patos Já
30/10/2020 - 08h04

Patos Já - Procon de Patos de Minas solicita que Ministério Público Federal investigue conduta de Bancos e do INSS

O Procon de Patos de Minas precisou solicitar um pedido de investigação ao Ministério Público Federal (MPF). O pedido veio após o órgão receber diversas reclamações de aposentados e beneficiários sobre descontos indevidos lançados em seus benefícios previdenciários realizados pelo Banco C6 - Banco Ficsa S/A.

Nos relatos, os consumidores alegam que mesmo não efetivando nenhuma contratação junto a referida instituição financeira, receberam depósitos em suas contas bancárias, tiveram seus limites de margem consignada reduzido e passaram a ser cobrados por empréstimos descontados em seus benefícios previdenciários

Conforme o Procon, junto ao pedido, também foram repassados ao MPF Ofícios expedidos pelos Procons de Carangola/MG e Cataguases/MG, noticiando que nos referidos municípios a instituição financeira também pratica os mesmos atos e um Ofício expedido pela PROCONSBRASIL encaminhado à FEBRABAN que afirma que as cinco regiões do país estão sendo alvo das ações do banco denunciado.

Sobre o INSS, a coordenação do Procon Patos de Minas salientou que, como o órgão é detentor de um gigantesco banco de dados nos quais estão inseridas informações sigilosas dos segurados, em hipótese de vazamento de dados que coloquem em exposição os beneficiários ele pode ser responsabilizado.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG