Ruy Muniz diz que acertos para a compra do Hospital São Lucas já estão em andamento

O proprietário do hospital, acusa Muniz de não cumprir os acordos do arrendamento, o que motivou uma disputa judicial

por Gustavo Oliveira
Fonte: Odair Cardoso - foto: Gustavo Brito.
11/02/2019 - 18h50

Patos Já - Ruy Muniz diz que acertos para a compra do Hospital São Lucas já estão em andamento

O impasse envolvendo o arrendamento do Hospital São Lucas em Patos de Minas, deve continuar em disputa na Justiça, depois que a liminar devolvendo o hospital ao proprietário, Sergio Piau, foi cassada. Com isso a Funam que é a responsável pelo arrendamento segue comandando o hospital. Nesta segunda-feira (11) uma reunião foi realizada na prefeitura, com a participação do empresário Ruy Muniz, que é o gestor da fundação mantenedora do São Lucas.

O proprietário do hospital, Sergio Piau acusa Ruy Munis de não cumprir os acordos do arrendamento, como por exemplo, os pagamentos de fornecedores e funcionários. Na tarde de hoje, o prefeito José Eustáquio e o promotor Jacques Souto, se reuniram com o ex-prefeito de Montes Claros, para que esclarecimentos fossem dados sobre a situação do São Lucas. Sobre os atrasos salariais, Muniz afirmou que os pagamentos já foram normalizados

Ruy Muniz disse também que, muitas das contas apresentadas, seriam de períodos anteriores a gestão dele no hospital. Sobre a demanda na Justiça, ele classificou as denúncias feitas por Sergio Piau, como inverídicas. Durante a entrevista coletiva, concedida após a reunião, Ruy falou que já está em fase final o acerto para a compra das cotas de Piau, por meio da Funam, que neste momento é a arrendatária, mas que com isso deve adquirir o controle total do São Lucas. Segundo ele já estão acertados valores e condições de pagamentos.

A respeito das reclamações e protestos de pacientes em tratamento de hemodiálise, ocorridas no final de 2018, Muniz classificou como estranho que diversas máquinas tenham parado de funcionar ao mesmo tempo no mês de dezembro. Sobre o investimento de R$ 30 milhões anunciado na época do arrendamento, Ruy Muniz disse que parte do montante já foi investido, afirmando que cerca de R$ 10 milhões foram gastos com a compra de equipamentos e outras melhorias.



Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG