Trabalhadores rurais denunciam condições precárias em Lagoa Formosa

A Polícia Militar registrou boletim de ocorrências e um acordo foi firmado para que o grupo retorne ao seu estado de origem

por Odair Cardoso
21/07/2021 - 09h00

Patos Já - Trabalhadores rurais denunciam condições precárias em Lagoa Formosa

Um grupo de trabalhadores que vieram do estado de Alagoas, para trabalhar em uma fazenda de café no município de Lagoa Formosa, fizeram denúncia nesta terça-feira (20), alegando que não estariam recebendo as condições mínimas de acomodações e alimentação para permanecer na cidade.

Ao todo, nove pessoas chegaram em Lagoa Formosa no dia 11 deste mês. Três deles ficaram em um hotel e os demais em uma casa. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, José do Nascimento Barroso, foi quem recebeu a denúncia. Ele disse que ao chegar na residência, percebeu os funcionários em condições deploráveis, sem colchões, cobertores e nem mesmo alimentação.

Um dos trabalhadores afirmou que a proposta foi de contratação em carteira, mas que ao chegarem foram informados que a diária seria de R$70,00 e que o aluguel da casa no valor de R$ 2 mil deveria ser pago por eles antecipadamente. Mas que o que recebem não seria suficiente para pagar a quantia. Além disso, o trabalhador também reclamou que eles não receberam colchões e que estão dormindo no chão.

A Polícia Militar esteve no local para registrar o boletim de ocorrência e ouvir os dois lados da história. Após intervir no caso, as partes envolvidas chegaram a um acordo. De acordo com o Tenente Vanderley, os trabalhadores deverão retornar para Maceió na próxima semana, e o contratante arcará com os custos da viagem.

Patos Já - Trabalhadores rurais denunciam condições precárias em Lagoa Formosa


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG