Acusado de matar desafeto em 2010 é absolvido no Tribunal do Júri

Julgamento aconteceu nessa segunda-feira no Fórum de Patos de Minas

por Gustavo Oliveira
Fonte: Aiandra Faria - Fotos: Gustavo Brito
28/08/2018 - 19h20

Patos Já - Acusado de matar desafeto em 2010 é absolvido no Tribunal do Júri

Hoje (28) foi dia de julgamento no Tribunal do Júri da Comarca de Patos de Minas. Um homem acusado de tentativa de homicídio, que evoluiu para homicídio, sentou no banco dos réus.

O crime aconteceu no dia 17 de agosto de 2010 na Travessa Marlene Alves Caixeta, no Bairro Santa Luzia. Washington Marques Magalhães, de 33 anos, foi baleado por dois disparos, sendo um no olho e outro na perna. Ele também foi atingido por uma facada nas costas. Washington ficou internado por um mês e não resistiu aos ferimentos.

Segunda a denúncia do Ministério do Público, a motivação do crime seria dividas de drogas. Washington teria caído em uma emboscada armada por três pessoas: um adolescente, Carlos Henrique Gomes, mais conhecido como Carlinhos Capeta e Carla de Fátima Ferreira, que já foi julgada absolvida do crime.

Na tarde dessa terça-feira Carlos também foi levado a Júri Popular. Após as alegações da acusação e defesa, os jurados decidiram pela absolvição de Carlos Henrique.

  • Acusado de matar desafeto em 2010 é absolvido no Tribunal do Júri
  • Acusado de matar desafeto em 2010 é absolvido no Tribunal do Júri
  • Acusado de matar desafeto em 2010 é absolvido no Tribunal do Júri

Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG