Após 20 anos foragido assassino é condenado a 12 anos de prisão

Edson Martins Tolentino, foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio qualificado. O crime aconteceu em 20 de outubro de 1996

por Gustavo Oliveira
Fonte: Ana Paula Oliveira Foto: Gustavo Brito
08/06/2017 - 08h37

Patos Já - Após 20 anos foragido assassino é condenado a 12 anos de prisão

O Tribunal de Júri do Fórum de Patos de Minas julgou, nessa quarta-feira (07/06), um assassinato de 20 de outubro de 1996. O réu Edson Martins Tolentino, foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio qualificado e condenado a 12 anos de prisão. O criminoso ainda pode recorrer da decisão judicial.

Em seu depoimento, ele confessou ter matado Marcos Antônio de Oliveira Andrade, na época com 20 anos, por causa de um desentendimento. De acordo com o processo, o autor e a vítima participavam de um piquenique com um grupo de amigos, às margens do Ribeirão da Cota, quando Edson golpeou, de forma certeira, a vítima, e fugiu.

Edson ficou foragido por mais de 20 anos e foi localizado em agosto do ano passado, preventivamente. Segundo o promotor de Justiça Paulo César de Freitas, apesar de já ter passado muito tempo, a Lei estabelece que enquanto o autor estiver foragido o crime não pode mais prescrever. "Quando o réu se oculta para não ser citado e é citado por edital e não comparece aos autos, nem mesmo por meio de um advogado, a prescrição não ocorre", explicou o promotor.

Paulo César afirmou que a Justiça não tem conhecimento de outros crimes cometidos pelo acusado, que permaneceu em Brasília-DF, até o ano passado, tentando escapar da prisão. 

  • Após 20 anos foragido assassino é condenado a 12 anos de prisão
  • Após 20 anos foragido assassino é condenado a 12 anos de prisão

Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG