Títulos de eleitor irregulares serão cancelados entre os dias 17 e 19 de maio

O prazo para a regularização encerrou, no último dia 2

por Gustavo Oliveira
Fonte: Ana Paula Oliveira - Fotos: Gustavo Brito
04/05/2017 - 12h06

Patos Já - Títulos de eleitor irregulares serão cancelados entre os dias 17 e 19 de maio

Os eleitores tiveram dois meses para regularizar o Título de Eleitor. Quem não colocou as obrigações eleitorais em dia terá o título eleitoral cancelado automaticamente entre os dias 17 e 19 de maio. O prazo para a regularização encerrou, no último dia 2. Para evitar problemas futuros, basta ir até o Cartório Eleitoral, o eleitor deve quitar as multas e obter um novo documento.

Gilson Bontempo dos Reis, chefe do Cartório Eleitoral de Patos de Minas, afirma que, este ano registrou um aumento significativo na procura dos eleitores para regularizar o título, mas, muitos, não atenderam ao prazo.

Bontempo explica, ainda, que não existe restrição dos direitos políticos de forma definitiva e irreversível. "Quem tiver o título cancelado pode, em qualquer tempo, procurar o Cartório Eleitoral e, atendendo aos requisitos exigidos em Lei, recolhendo as devidas multas, nós restabeleceremos a regularidade da situação eleitoral", ressaltou.

A multa por cada ano eleitoral sem votação ou justificativa custa R$ 3,51. Somando três eleições, o total é R$ 10,53. o chefe do Cartório destaca que o valor é irrisório e que a intenção não é punir e sim, conscientizar. "O voto é mais que obrigação, é um direito e uma responsabilidade de escolher bem os candidatos a cargos públicos eletivos", declarou.

Além de não poder votar, o eleitor irregular com a Justiça Eleitoral, não pode tirar passaporte,  tomar posse em cargo público, obter financiamento em instituições financeiras de natureza pública e outras restrições.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG