Tribunal do Júri condena homem por tentativa de homicídio em Patos de Minas

O réu foi condenado a 6 anos de prisão em regime semi aberto

por Gustavo Oliveira
Fonte: Débora Araújo - foto:Gustavo Brito
27/07/2018 - 11h45

Patos Já - Tribunal do Júri condena homem por tentativa de homicídio em Patos de Minas

Nessa quinta feira (26), o Tribunal do Júri realizou o julgamento de um homem acusado de tentativa de homicídio, no ano 2012, em Patos de Minas. Noé Francisco Rosa foi acusado de efetuar disparo de arma de fogo contra Murilo Silva de Oliveira.

Na ocasião, o acusado se envolveu em uma briga com a vítima, devido à falta de pagamento de um veículo vendido pelo filho de Noé para Murilo. Durante a discussão, a vítima teria ofendido o acusado e se esquivado do pagamento, momento em que foi alvejado.

De acordo com o Defensor Público, Walner Dias, Noé acompanhou o processo em liberdade por 6 anos aguardando o julgamento. "Ele participou de todos os atos do processo em que foi chamado e não teve nenhuma ocorrência nesse período que justificasse a prisão " completou.

Ainda segundo o Defensor,  embora a defesa afirme que Noé tenha agido em legítima defesa, a acusação entende que o acusado agiu por motivo fútil e utilizou-se de recurso que dificultou a defesa da vítima.  Dessa forma, Noé foi condenado a 6 anos de prisão em regime semi aberto por tentativa de homicídio qualificado.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG