Climatologista diz formação de ciclone registrada em São Gotardo não representa risco

Diversos vídeos do fenômeno que chamou a atenção no fim de semana, foram feitos na região

por Odair Cardoso
25/11/2019 - 16h40

Patos Já - Climatologista diz formação de ciclone registrada em São Gotardo não representa risco

Os vários vídeos que circulam nos grupos de mensagens, mostram registros em rodovias e até em uma comunidade em Guarda dos Ferreiros, município de São Gotardo. O fenômeno climático provocou espanto e chegou a assustar. No entanto, o climatologista Adalberto Vieira, do Centro Universitário de Patos de Minas, descarta que a situação possa representar perigo, da maneira como se formou.

Para o professor, apesar do susto, os ciclones são bem comuns na região, no inicio e final da estação chuvosa. “Eles formados pela baixa pressão e devido a alta temperatura, ocorre a acensão em forma de turbilhonamento”, explicou Adalberto Vieira. “Na maioria das vezes estes ciclones são de baixa abrangência, com ventos de 50 a 60 km por hora, que não causa muitos danos” completou.

O risco, de acordo com o climatologista, se dá quando a velocidade fica acima de 70 km por hora. O climatologista ainda citou que ciclones maiores que os registrados, são mais comum em áreas de latitude maior, que atingem mais frequência as regiões mais ao Sul.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG