Começa o período do vazio sanitário da soja em Minas Gerais

De acordo com a Aprosoja-MG, serão 77 dias sem soja no campo

por Redação Patos Já
Fonte: Evaldo Pighini - Assessor de Imprensa
01/07/2019 - 14h50

Patos Já - Começa o período do vazio sanitário da soja em Minas Gerais

Teve início nesta segunda-feira (1/7) o vazio sanitário da soja em Minas gerais, que em 2019 será mais curto. A informação é da Associação dos Produtores de Soja, Milho e Sorgo do Estado de Minas Gerais - Aprosoja-MG. O período se estenderá até 15 de setembro, diferente do ano passado, quando o período terminou em 30 de setembro. Antes o vazio era de 90 dias.

De acordo com a assessoria de imprensa da Aprosoja-MG, os produtores de soja do estado poderão iniciar o plantio a partir de 16 de setembro, mediante essa alteração no período de Vazio Sanitário e Controle da Ferrugem Asiática da Soja. A mudança no calendário foi oficializada pela portaria nº 1916 do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), publicada em 6 de maio deste ano.

Com relação à safra passada, até meados de abril, o Brasil havia registrado 365 casos de ferrugem asiática, dos quais 11 em Minas Gerais. Coube ao Rio Grande do Sul – que não cumpre o vazio - liderar o número de casos com 127 registros.

Além de Minas, doze estados brasileiros mais o Distrito Federal adotam o período sem plantas vivas de soja. Primeiro estado a cumprir o vazio foi o Paraná no dia 10 de junho. País vizinho ao Brasil, o Paraguai também adere a medida desde 1º de junho para evitar a proliferação da pior doença da cultura em suas lavouras.

Ferrugem asiática - O vazio sanitário é o período de no mínimo 60 dias em que não se pode semear ou manter plantas vivas de soja no campo.

O objetivo do vazio sanitário é reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem-asiática durante a entressafra e assim atrasar a ocorrência da doença na safra. O fungo que causa a ferrugem-asiática é biotrófico, o que significa que precisa de hospedeiro vivo para se desenvolver e multiplicar. Ao eliminar as plantas de soja na entressafra quebra-se o ciclo do fungo, reduzindo assim a quantidade de esporos presentes no ambiente. 

O produtor que não cumprir o vazio está sujeito a penalidades como multas.



Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG