PROCON de Patos de Minas solicita investigação ao Ministério Público

A solicitação foi enviada após reclamações sobre preços altos de medicamentos

por Paula Mota
10/02/2020 - 09h30

Patos Já - PROCON de Patos de Minas solicita investigação ao Ministério Público

Diante das reclamações ao PROCON de Patos de Minas, a respeito do preço de medicamentos de uso clínico e hospitalar praticado pelos centros médicos estabelecidos em Patos de Minas, o coordenador do órgão de proteção e defesa dos consumidores locais, Rafael Godinho, solicitou ao Ministério Público Federal uma investigação.

Convidada a se manifestar sobre o assunto, a Procuradora da República instaurou um procedimento administrativo para apuração no dia 3 de fevereiro de 2020. O coordenador do PROCON ainda apresentou ao Ministério Público uma Recomendação Administrativa, que foi assinada pelos representantes dos órgãos e anexada ao procedimento aberto no MPF.

Na recomendação, é orientado aos hospitais e clínicas médicas de Patos de Minas que se abstenham da aplicação de Preço Máximo ao Consumidor, a medicamentos de uso restrito ao ambiente clínico e hospitalar e que adotem o Preço de Fábrica.

A fiscalização será realizada pelos representantes do MP, assim que os hospitais forem notificados.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG