Ainda sem resposta da Justiça, prefeitura ignora o Minas Consciente e mantém Onda Amarela

Na quinta-feira o Ministério Público deu prazo de 48 horas para que a prefeitura publicasse novo decreto

por Redação Patos Já
08/09/2020 - 08h00

Patos Já - Ainda sem resposta da Justiça, prefeitura ignora o Minas Consciente e mantém Onda Amarela

Mesmo com a regressão de Patos de Minas para a Onda Vermelha, que prevê o funcionamento apenas do comércio considerado essencial, o município permanece na Onda Amarela, descumprindo o Minas Consciente. A prefeitura informou segue esperando por uma possível liminar da Justiça.

Na última quinta-feira o Ministério Público deu prazo de 48 horas para que o prefeito, José Eustáquio, publicasse decreto com as adequações das restrições. No entanto, o chefe do executivo municipal afirmou ter entrando com mandado de segurança, para permanecer na Onda Amarela. Enquanto aguarda pela decisão, o funcionamento do comércio nesta terça-feira (8/9) é normal, sem as limitações para os estabelecimentos não essenciais.

Com uma sensação de incerteza, a maioria dos lojistas trabalham com a indecisão de saber se continuarão com as portas abertas ou se novamente terão que paralisar as atividades. Está previsto para esta quarta-feira, uma nova publicação de ondas para as macro e microrregiões do Minas Consciente.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG