Consequências do coronavírus: profissionais temem prejuízos para os negócios

Se a situação quanto ao Covid-19 piorar, muitos deles terão que fechar as portas

por Paula Mota
18/03/2020 - 18h00

Patos Já - Consequências do coronavírus: profissionais temem prejuízos para os negócios

Em vista das recomendações passadas em todo o país para evitar o contágio do novo coronavírus, empresários do município de Patos de Minas também estão adotando medidas preventivas. Além de uso frequente do álcool em gel, a esterilização e limpeza de objetos no ambiente de trabalho foram intensificadas.

Secretarias estaduais de saúde contabilizam 393 infectados pelo Covid-19 em 20 estados e no Distrito Federal. Último balanço oficial do Ministério da Saúde aponta 291. Pequenas empresas e consultórios odontológicos registraram queda nos atendimentos desde que os primeiros casos suspeitos foram notificados na cidade.

Luciano Salkw, proprietário de um salão de beleza, explica que no estabelecimento já eram realizadas medidas de prevenção, como manter o ambiente limpo e esterilizar os objetos utilizados nos clientes. O que mudou foram alguns acréscimos, como a disponibilização de álcool em gel em cada ambiente e a abertura das janelas e portas, para substituir o uso do ar condicionado.

Ana Paola Castro, cirurgiã dentista, também adotou medidas preventivas, além das já realizadas no consultório odontológico, como intensificar a esterilização dos equipamentos e, caso o paciente apresente sinais e sintomas, orienta-se suspender temporariamente o tratamento. Além disso, ela explica que alguns colegas fecharam os consultórios para evitar o contágio do novo vírus.

O ramo da alimentação, também registrou queda na movimentação. A alternativa para Lucas Paz, empresário, foi reforçar as promoções e divulgação de entregas a domicílio, além das mudanças no espaço das mesas e limitação de clientes atendidos no local.

Se casos forem confirmados na cidade, ou determinações sejam emitidas, os profissionais terão que fechar as portas, mas, esses profissionais também já pensaram no que fazer para evitar os prejuízos, como readequar a agenda de trabalho conforme a demanda. Por ora, o que esperam é que a pandemia não afete tanto o trabalho deles.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG