Covid-19: Vírus sobrevive em superfícies sólidas por pelo menos oito horas

Dependendo do material, o tempo de vida do novo coronavírus pode ser maior ou menor

por Paula Mota
21/03/2020 - 18h30

Patos Já - Covid-19: Vírus sobrevive em superfícies sólidas por pelo menos oito horas

As principais recomendações do Ministério da Saúde quanto à prevenção ao coronavírus são: lavar as mãos corretamente e manter as superfícies limpas, antes e depois de tocá-las. Seguir esses procedimentos pode evitar a propagação do vírus, afinal, ele também sobrevive por algum tempo em ambientes sólidos.

Segundo o infectologista Francisco de Assis Andrade, a sobrevivência do novo coronavírus depende, principalmente, da superfície em que ele é depositado. De acordo com o local e o tipo de material – madeira, papel, metal e outros – o tempo de vida do vírus pode variar de oito horas a cinco dias.

Por esse motivo, é necessário fazer a higienização das mãos e do local utilizado para evitar o contágio, principalmente antes e depois do uso. Outro detalhe importante é quanto o uso de máscaras e luvas que só será eficaz se utilizado corretamente e no ambiente adequado. Evitar contato com os olhos, nariz e boca são importantes, mesmo se estiver com luvas e, a cada duas horas é preciso trocar a máscara, pois esta perde a validade nesse prazo de tempo.

Vale lembrar que a máscara é necessária para aqueles que apresentarem sintomas do Covid-19. Se não houver tosse, espirro ou demais sintomas, o uso é desnecessário. Além disso, usar toalhas ou lenços de tecido não ajuda na prevenção. O recomendado é usar os lenços descartáveis.

Saber identificar os sintomas da doença e evitar idas aos hospitais também evita o contágio e facilita o trabalho dos funcionários da saúde na identificação dos casos suspeitos. Portanto, só vá ao hospital se seu caso for, de fato urgente, ou se estiver com os sintomas do coronavírus. Os principais são: febre, dores no corpo, tosse seca e dificuldades respiratórias. O próprio hospital disponibiliza o uso da máscara.

Por fim, seguir as recomendações do Ministério da Saúde ainda é a forma mais eficaz de evitar a propagação do vírus e manter a própria saúde.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG