Aumento dos crimes de violência contra a mulher preocupa patenses

Em Minas Gerais há o programa Justiça em Rede

por Redação Patos Já
04/05/2022 - 15h20

Patos Já - Aumento dos crimes de violência contra a mulher preocupa patenses

Na última semana, crimes de violência contra a mulher chocaram a população. Uma tentativa de feminicídio foi registrada, outra terminou em feminicídio e os casos chamaram a atenção para o aumento de ocorrências relacionadas ao gênero feminino. As denúncias são de suma importância para que ações do poder público e segurança pública sejam realizados.

Na última sexta-feira, Keila Cristina Miranda, de 38 anos, foi baleada três vezes enquanto trabalhava. O suspeito é o ex-companheiro, Ronan Custódio Miranda. O homem foi até a loja da ex-mulher, na Av. Afonso Queiroz, no Bairro Sebastião Amorim, a abordou, apontou a arma na cabeça de Keila e disparou contra ela. No domingo, outra ocorrência de tentativa de feminicídio, violência doméstica e maus tratos foi registrada, envolvendo um casal, no bairro Vila Garcia. Antes delas, outras mulheres já sofreram algum tipo de violência, em todo o país. Em 2020, ano em que a pandemia atingiu o Brasil, pesquisas indicavam que, com a quarentena, os índices de violência contra a mulher haviam crescido significativamente. Hoje, com a vida de muitas pessoas voltando à normalidade, esse crescimento trouxe reflexos ainda mais preocupantes.

Os órgãos de segurança pública, poder judiciário atuam na proteção e suporte às mulheres vítimas de violência. Seja por meio da legislação, com penalidades para crimes de gênero, seja com medidas protetivas para a mulher violentada. Entretanto, o suporte familiar e de terceiros também é de suma importância, para que a mulher tenha a quem recorrer, nos momentos de emergência e saiba como sair do ciclo da violência.

Em Minas Gerais, há também o programa Justiça em Rede, que atua com ações para unir os órgãos envolvidos na segurança da mulher vítima de violência. O que se tem trabalhado na rede é a necessidade de o atendimento

Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG