Educadores participam de reunião sobre mudanças nos critérios de pagamento de incentivos

A restrição das vantagens apenas para efetivos gerou insatisfação entre os educadores

por Débora Araújo - foto: Ivo Maximiano
09/01/2019 - 16h30

Patos Já - Educadores participam de reunião sobre mudanças nos critérios de pagamento de incentivos

O edital de convocação para contratos da rede municipal de ensino, foi publicado no último dia 4 de janeiro, mas exclui alguns benefícios para os contratados. Diante disso, uma reunião entre professores e vereadores foi realizada na manhã desta quarta-feira (9) para discutir o assunto.

De acordo com o item final do texto não será feito o pagamento de incentivo por titulação, incentivo à docência e vantagem pecuniária aos contratados. A mudança provocou a insatisfação entre os educadores.

O secretário municipal de administração, José Martins Coelho, participou da reunião e disse que é preciso interpretar o que está previsto em lei, quanto aos direitos dos contratados. Segundo o chefe da pasta, quem não é efetivo não se enquadra na lei 381, que é o plano de cargos e carreiras. Dessa forma, os contratados não têm os mesmos direitos.

Os educadores que estão insatisfeitos com o disposto no edital, receberam apoio do legislativo, para defender a questão principal que é manter os mesmos direitos dos professores já efetivados. Uma comissão de representantes dos professores foi criada durante o encontro e o presidente do Sintrasp, Paulo Augusto, não descarta, inclusive, a possibilidade de levar o caso para a Justiça.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG