Ex-funcionária de empresa que administra estacionamento rotativo dá sua versão para caso de agressão

A colaboradora ganhava R$0,20 a cada um real de crédito vendido

por Débora Araújo - foto: Vinícius Machado
24/01/2019 - 09h20

Patos Já - Ex-funcionária de empresa que administra estacionamento rotativo dá sua versão para caso de agressão

Na manhã desta segunda-feira (21), um desentendimento entre uma vendedora credenciada da empresa TI. Mob Tecnologia e Soluções em Mobilidade, que é responsável pelo estacionamento rotativo em Patos de Minas, e um motorista, terminou com registro de ocorrência por agressão. A colaboradora da empresa, que ganhava 20 centavos a cada um real de crédito vendido, falou, com exclusividade, sobre o fato.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG