Patrões podem monitorar trabalho de funcionários em home-office, mas não podem violar a privacidade

Esta modalidade de emprego se torna cada vez mais comum

por Redação Patos Já
26/05/2020 - 07h00

Patos Já - Patrões podem monitorar trabalho de funcionários em home-office, mas não podem violar a privacidade

O teletrabalho é realidade em muitas empresas. Mas algumas questões como jornada e monitoramento do desempenho e dedicação do colaborador são pontos polêmicos. Entretanto, o patrão pode até instalar software para acompanhar a produção do funcionário, mas tem um limite. É que a privacidade deve ser respeitada.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG