Já choveu 32% mais do que o previsto para todo o mês de janeiro em Patos de Minas

Pelo menos quatro famílias tiveram que deixar as residências no bairro Vila Rosa

por Ludmilla Bahia
10/01/2022 - 11h00

Patos Já - Já choveu 32% mais do que o previsto para todo o mês de janeiro em Patos de Minas

Depois de uma seca severa, agora um período de chuvas sem trégua. Nos dez primeiros dias de 2022 já choveu mais que toda a média prevista para todo o mês de janeiro. Comunidades estão ilhadas, as águas do Rio Paranaíba e córregos não param de subir. E em Patos de Minas, famílias já estão sendo retiradas das casas.

A última vez que Rio Paranaíba ficou com o nível verificado atualmente foi há 30 anos. Desde 1992 não havia sido registrada enchente desta maneira, segundo a Defesa Civil de Patos de Minas. Choveu até a manhã desta segunda-feira (10), 360 milímetros, enquanto a média prevista para todo o mês de janeiro era de 275 milímetros de chuva. Isto significa 32% a mais.

Com isso, níveis de rios e córregos sobem rápido. O do Paranaíba está 10 metros acima do nível normal até esta manhã, e quase já encobriu a régua de medição do Corpo de Bombeiros. A água vai se aproximando das casas em alguns bairros de Patos de Minas e pelo menos quatro famílias, que residiam no bairro Vila Rosa ficaram desabrigadas e estão nas casas de parentes.

Enquanto isso, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Prefeitura de Patos de Minas, que já decretou situação de emergência, traçam novas estratégias. Os representantes das forças de segurança e da administração municipal realizaram uma reunião nesta segunda para discutir as consequências e o que pode ser feito daqui pra frente.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG