Acusado de dupla tentativa de homicídio é condenado a 12 anos de prisão

Crime foi registrado em maio do ano passado em uma casa de forró

por Redação Patos Já
23/08/2019 - 09h30

Patos Já - Acusado de dupla tentativa de homicídio é condenado a 12 anos de prisão

Cumprindo a pauta da semana no Tribunal do Júri da Comarca de Patos de Minas, Celismar Cardoso de Oliveira, de 43 anos, foi levado a julgamento na tarde desta quinta-feira (22), após ser denunciado pelo Ministério Publico por uma dupla tentativa de homicídio.

O crime aconteceu em maio do ano passado em uma casa de festas localizada na Rua Ouro Preto. Segundo a acusação, Celismar se armou com uma faca e desferiu golpes na ex-companheira Gilesne Alves Caixeta e em João Eustáquio da Silva, que a acompanhava no baile.

A defesa argumentou que Celismar não teve a intenção de matar e que ele teria agido motivado por ciúmes. Além disso, segundo os advogados, uma condenação por dupla tentativa de homicídio seria injusta para o que de fato ocorreu.

Os jurados, no entanto, não entenderam o caso como ausência de dolo e Celismar foi condenado a 12 anos de prisão por duas tentativas de homicídio qualificadas. A pena inicialmente deverá ser cumprida em regime fechado.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG