Acusado de matar por causa de dívida é condenado a 12 anos de prisão

O crime aconteceu em maio do ano passado no bairro Santa Terezinha em Patos de Minas

por Redação Patos Já
21/10/2019 - 17h20

Patos Já - Acusado de matar por causa de dívida é condenado a 12 anos de prisão

Foi julgado na tarde desta segunda-feira (21), Rusber Bernardes, de 24 anos, acusado de matar a tiros, Givaldo Freire Júnior, em 2018 na frente da mãe da vítima. Na época, o réu que foi preso dias depois assumiu o crime, justificando ter cometido o assassinato por causa de uma dívida.

O homicídio aconteceu no dia 9 de maio no bairro Santa Terezinha. Givaldo Freire Junior, tinha acabado de entrar em casa na rua Paraná, quando Rusber Bernardes chegou ao local e em meio a uma discussão, atirou por várias vezes contra a vítima, que foi atingida na cabeça e morreu na hora. No momento do crime estavam na casa a namorada e a mãe de Givaldo, que presenciaram o assassinato.

Rusber Bernardes, foi preso 3 dias depois pela Polícia Militar, e disse aos policiais que matou a vítima, pelo motivo de uma dívida. Alegando que ao cobrar o pagamento, a vítima se exaltou e que por isso reagiu atirando.

No julgamento de hoje, a defesa feita por Thadeu Henrique Santos, disse que a estratégia era para derrubar a qualificadora de motivo torpe, uma vez que o cliente é réu confesso. Ao fim da sessão de julgamento, Rusber Bernardes recebeu a condenação de 12 anos em regime inicialmente fechado

Patos Já - Acusado de matar por causa de dívida é condenado a 12 anos de prisão

  • Acusado de matar por causa de dívida é condenado a 12 anos de prisão

Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG