Acusado de tentativa de homicídio ocorrida em 2013, é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão

O réu não compareceu ao julgamento, mas a mãe disse que a última informação é de que o filho estaria vivendo como morador de rua no Espirito Santo

por Redação Patos Já
19/06/2019 - 18h50

Patos Já - Acusado de tentativa de homicídio ocorrida em 2013, é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão

Na tarde desta quarta-feira (19) no Tribunal do Juri do Fórum Olímpio Borges em Patos de Minas, foi realizado o julgamento de Renato Cristiano Serra, acusado de uma tentativa de homicídio cometida contra, Thiago Augusto de lima Guimarães, ocorrida há quase 6 anos no bairro Lagoinha.

O crime aconteceu no dia 19 de novembro de 2013, e segundo os autos, Thiago Augusto, foi surpreendido por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta, enquanto andava pela orla da lagoa no bairro Lagoinha. A vítima foi atingida por seis disparos de arma de fogo. Renato Cristiano chegou a confessar a autoria do crime, mas acabou mudando seu depoimento, negando ter sido ele o atirador.

A defensoria pública defendeu a tese de que Renato teria sido induzido a confessar o crime na época e que por ter problemas psiquiátricos torna se uma pessoa vulnerável e de fácil manipulação por alguém que tivesse o interesse em que ele assumisse a autoria, mesmo sem ter praticado o crime.

No entanto, a promotoria disse durante a sessão, não ter dúvidas de sua participação na tentativa de homicídio, pedindo pela condenação do réu por homicídio qualificado, ao dificultar a defesa da vítima. Mas esta qualificadora foi excluída e Renato Cristiano Foi condenado por homicídio simples a 4 anos e 8 meses de prisão em regime semi-aberto.

Renato não compareceu ao julgamento e a mãe dele prestou depoimento como testemunha. Ela disse que a última notícia que teve do filho, foi de que ele estaria no Espirito Santo, vivendo como morador de rua.

De acordo com as informações, a vítima Thiago Augusto, ficou com sequelas devido aos traumas do homicídio tentado. Entretanto, ele acabou morrendo vítima de outro crime ocorrido em 2016, também no bairro Lagoinha, desta vez na Rua São José. Atiradores passaram em um Fiat Uno e efetuaram os disparos que tiraram sua vida.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG