Manifestantes repudiam caso Madalena e pedem por justiça em Patos de Minas

Segundo os manifestantes, o caso Madalena não é isolado em Patos de Minas

por Rafael Ribeiro
21/12/2020 - 21h11

Patos Já - Manifestantes repudiam caso Madalena e pedem por justiça em Patos de MinasManifestantes em ato pacifico.

A manifestação aconteceu na noite desta segunda-feira, em frente ao portão principal do Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) e reuniu dezenas de pessoas.

O ato foi organizado pela internet. Por volta das 19h, já haviam várias pessoas com cartazes nas mãos com escritas que pediam por justiça em cima do caso de trabalho análogo a escravidão, mostrado em reportagem do Fantástico da Rede Globo no ultimo domingo (20/12).

Em entrevista ao jornalismo da NTV, alguns manifestantes repudiaram o caso Madelena e pediram medidas mais enérgicas da justiça diante da denuncia do Ministério Publico do Trabalho.

A organizadora da manifestação e coordenadora do Movimento Negro Unificado (MNU), Elida Abreu, abriu o ato e todos gritaram pelo fim do racismo e pediram por justiça em cima do caso.

Os manifestantes também cobraram uma resposta do UNIPAM, porém, em resposta ao nosso Jornalismo, o Centro Universitário de Patos de Minas disse que o professor já foi afastado de suas funções, e que aguarda desdobramentos a respeito do caso.

Entenda o caso Madalena.

Patos Já - Manifestantes repudiam caso Madalena e pedem por justiça em Patos de MinasManifestantes em ato pacifico.

Patos Já - Manifestantes repudiam caso Madalena e pedem por justiça em Patos de MinasManifestantes em ato pacifico.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG