Médico é preso ao ser flagrado dirigindo embriagado em Patos de Minas

Na delegacia, Daniel Tolentino, que se negou a fazer o teste do etilômetro, utilizou a camisa para tapar o rosto

por Redação Patos Já
28/09/2019 - 17h21

Patos Já - Médico é preso ao ser flagrado dirigindo embriagado em Patos de Minas

O médico Daniel Tolentino foi preso neste sábado (28), em Patos de Minas, por dirigir embriagado. Por volta das 5h da manhã as câmeras do Sistema Olho Vivo, visualizaram o veículo transitando perigosamente pela Rua Major Gote em zigue-zague, colocando em risco a própria segurança e de outros usuários da via.

De acordo com o registro policial, o carro seguiu o carro foi parado pela polícia na Rua Jaime Ramos, no bairro Caiçaras. O BO diz que o motorista, Daniel Tolentino de Souza, de 40 anos, apresentava olhos avermelhados, falava muito, e saiu do carro cambaleando, e com odor alcoólico.

Ainda conforme o boletim, ele foi informado que o veículo poderia ser liberado para outra pessoa habilitada, mas que o médico mal dava conta de usar o aparelho celular. Após uma espera de 30 minutos, um guincho removeu o carro, que foi levado para o pátio credenciado do Detran. O médico se recusou a realizar o teste do etilômetro.

Tolentino que é investigado no caso da morte da dentista, Roberta Pacheco, sua ex-namorada, chegou a ser preso e cumprir liberdade condicionada. Mas desde o mês de julho recebeu autorização da Justiça para mudar da comarca. O médico deverá responder por embriaguez ao volante.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG