Mulher acusada de atrair amante para homicídio volta a ser julgada

por Redação Patos Já
10/05/2022 - 18h00

Patos Já - Mulher acusada de atrair amante para homicídio volta a ser julgada

Foi levada pela segunda vez a julgamento na tarde desta terça-feira (10), no Fórum em Patos de Minas, Janaina dos Reis Andrade, acusada de envolvimento em um homicídio ocorrido em julho de 2010 no bairro Jardim Paulistano. No júri anterior, em 2011, ela recebeu absolvição.

De acordo com os autos, Moacir da Costa Borges, descobriu que a esposa Janaína, mantinha um suposto caso com Aparecido Eli Rosa. Na época, foi apurado que ele fez com que a mulher entrasse em contato com a vítima e combinasse um encontro. O homem foi levado ao porão de uma casa, onde passou por torturas até ser executado a tiros que atingiram peito e cabeça.

Em 2013, Moacir da Costa, que denunciou a companheira como sendo participante do crime, foi condenado a 14 anos de prisão, por homicídio triplamente qualificado, por motivo torpe, tortura e utilização de meios que não deram chances de defesa à vítima, e também ocultação de cadáver.

Ao final do seu segundo julgamento, Janaína dos Reis Andrade, recebeu uma pena de 16 anos e 4 meses de reclusão.

Patos Já - Mulher acusada de atrair amante para homicídio volta a ser julgada


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG