Patos de Minas terá comitê para enfrentar coronavírus

Órgãos de saúde vão compor a comissão com foco na prevenção contra o vírus

por Redação Patos Já
14/03/2020 - 10h20

Patos Já - Patos de Minas terá comitê para enfrentar coronavírus

A rápida disseminação geográfica apresentada pelo Covid-19 levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar pandemia de coronavírus. Com a mudança de classificação, cada país passa a desenvolver um plano de ação para conter o aumento de casos. Atentas ao atual cenário, a Secretaria Municipal de Saúde e a Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Patos de Minas já preparam a criação de um comitê de acompanhamento da doença. Nessa sexta-feira (13) representantes dos dois órgãos reuniram-se com o prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves.

 

Ao apresentar a iniciativa ao chefe do Executivo, a diretora adjunta da SRS, Noemi Portilho, explicou que o comitê atuará em quatro eixos: assistência médica, assistência farmacêutica, informação e prevenção, sendo as medidas preventivas o principal foco a ser trabalhado com a população local no momento. "Não existe estrutura assistencial para um grande atendimento, por isso prevenir é essencial. Serão, pelo menos, quatro meses de atenção e alerta no comportamento”.

 

O comitê, a princípio, fará reuniões semanais, podendo haver encontros extras sempre que necessário, uma vez que os dados sobre a pandemia são atualizados constantemente. Para fortalecer e tornar mais efetivo o trabalho, serão envolvidos outros órgãos e empresas que lidam com grande número de pessoas, como terminal rodoviário, Pássaro Branco (transporte coletivo urbano), taxistas e mototaxistas, polícias Militar e Rodoviária Federal, escolas. A ideia é que eles sejam propagadores de informações de como prevenir a contaminação por coronavírus. O encontro com esses grupos está previsto para o início da próxima semana.

 

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Geise Marques, os profissionais de saúde de Patos de Minas, das redes pública e privada, estão capacitados a identificarem os sintomas da doença. Os principais deles são febre, cansaço e tosse seca, mas parte dos pacientes pode apresentar dores, congestão nasal, coriza e diarreia. Segundo o Ministério da Saúde há também infectados que podem não apresentar sintomas.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG