Polícia prende suspeito de aplicar golpe em velório e fraudes com cheques

O mesmo homem é apontado como autor de golpes em postos de combustíveis e restaurante

por Redação Patos Já
14/05/2020 - 18h00

Patos Já - Polícia prende suspeito de aplicar golpe em velório e fraudes com cheques

Um homem com mais de 30 registros de estelionatos voltou a ser preso na tarde desta quinta-feira (14), após utilizar cheques fraudados para aplicar golpes no comércio em Patos de Minas, e até contra uma família que tentava pagar os custos de um velório.

De acordo com o Tenente Vinícius, são várias ocorrências envolvendo, Jaudet Rodrigues Awada, de 48 anos. Nessa quarta-feira, ele teria ido até uma restaurante nas proximidades do Mercado Municipal, onde comprou 10 marmitas ao preço de R$ 150,00, utilizando cheque no valor de R$ 300,00 e recebido o troco. A vítima percebeu ter sido enganada no momento da entrega dos alimentos.

Os policiais conseguiram localizar a mulher que tem o nome impresso nas folhas de cheque. No entanto, ela contou para a polícia que a conta referente as ordens de pagamento, foi encerrada no ano de 2010. Outras três pessoas já teriam entrado em contato, alertando que alguém estava distribuindo cheques em seu nome, nas cidades de Vazante e Lagoa Formosa, com compras fraudadas em postos de combustíveis.

Ainda conforme o Tenente Vinícius, a outra ocorrência foi registrada hoje, quando uma senhora denunciou que devido ao falecimento do pai, os familiares estavam em um serviço de velório levantando dinheiro para custear o sepultamento, que fica em torno de R$ 4 mil. Eles já tinham conseguido R$ 2.100,00. A vítima contou que Jaudet esteve no local e se disponibilizou a custear o restante do valor.

Ele teria entregue um cheque no valor total e embolsado o dinheiro.Quando a funerária descobriu a fraude, os familiares foram obrigados a conseguir emprestado a quantia, para cobrir o prejuízo. O homem nega ter cometido este golpe, mas segundo a polícia, ele foi identificado por meio das imagens de câmeras de segurança. Pelo menos quatro talões de cheques, foram apreendidos em sua residências.

Os registros policiais mostram que Jaudet Rodrigues Awada, tem mais de 30 crimes da mesma natureza. Para se ter uma ideia da reincidência, somente este ano, ele já foi preso 9 vezes por casos de estelionato.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG