CPI da Copasa: Aécio Neves teria coagido Antônio do Valle a assinar contrato, afirma depoente

A comissão parlamentar de inquérito ouviu Wilson José da Silva.

por Caio Machado
18/06/2021 - 20h55

Patos Já - CPI da Copasa: Aécio Neves teria coagido Antônio do Valle a assinar contrato, afirma depoente

A primeira oitiva da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura irregularidades nos serviços prestados pela COPASA em Patos de Minas ocorreu na tarde desta sexta-feira (18), na Câmara dos Vereadores.

A CPI Nº 01/2021 teve início com o depoimento de Wilson José da Silva, o mesmo denunciante que protocolou um documento junto à Câmara Municipal apontando possíveis irregularidades da COPASA.

Durante a declaração, Wilson alegou que o deputado federal Aécio Neves, então governador de Minas Gerais, em 2008, teria coagido o ex-prefeito Antônio do Valle a assinar um contrato de tratamento de esgoto.

“Você não sabe a pressão que eu senti do meu governador”, teria dito Valle ao próprio Wilson, que ainda teria ouvido de Neves: “ou você assina ou eu corto todos os recursos de Patos de Minas”.

Outro ponto destacado por Wilson no depoimento é de que a COPASA estaria tratando apenas 20% do esgoto a cidade, enquanto a companhia afirmar tratar 90%. O valor do tratamento, por sua vez, é cobrado na íntegra aos usuários.

A CPI é presidida pela vereadora Professora Beth (DEM) e composta pelo relator José Eustáquio de Faria Júnior (Podemos) e os vereadores José Luiz (Podemos), João Marra (Patriota) e Mauri da JL (MDB).


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG