Prefeitura comunica ao Ministério Público que continuará descumprindo o Minas Consciente

O ofício diz que a classificação de ondas não possui critérios técnicos, mas sim políticos

por Redação Patos Já
09/09/2020 - 07h00

Patos Já - Prefeitura comunica ao Ministério Público que continuará descumprindo o Minas Consciente

A prefeitura de Patos de Minas encaminhou ofício ao Promotor de Justiça, Rodrigo Domingos Taufick, nessa terça-feira (8/9),informando por quais motivos seguirá descumprindo a regressão para a Onda Vermelha do Minas Consciente.

O texto diz que o município não foi oficialmente informado sobre a regressão e que não houve menção à microrregião de Patos de Minas, afirmando estar ocorrendo subjetividade na avalização das cidades dentro do programa do Governo do Estado, e que “as decisões não possuem critérios técnicos, mas sim políticos”, destacou.

O ofício também questiona que municípios com maior número de casos do que Patos de Minas seguem na Onda Amarela. E que por isso, no entendimento da prefeitura, a classificação de ondas estaria se dando de forma desproporcional. O documento destaca que o número de leitos criados e toda a estrutura hospitalar justifica a manutenção na onda menos restritiva.

A advocacia-geral entrou com pedido judicial na 2ª Vara Cível da Comarca de Patos de Minas, para manter a Onda Amarela e ainda aguarda por uma resposta.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG