Coronavírus: o terror vivido pelos patenses na Europa

Medidas como isolamento e saídas apenas para emergências foram tomadas na Itália, França e na Bélgica

por Paula Mota
20/03/2020 - 16h00

Patos Já - Coronavírus: o terror vivido pelos patenses na Europa

A situação em todo o mundo, quanto ao Coronavírus é complicada. Moradores em vários países vivem isolados em suas casas. O número de mortos pelo Covid-19 sobe com frequência assustadora.

O último balanço aponta que são mais de 260 mil infectados e mais de 11 mil pessoas morreram por causa do novo coronavírus. Nos Estados Unidos, 44 milhões de moradores da Califórnia foram orientados a ficar em casa, para evitar a propagação do vírus. No país, mais de 14 mil foram infectados.

A Itália registrou, nesta sexta-feira (20), mais de 627 mortes pelo novo coronavírus. Com isso, o número de vítimas de Covid-19 no país chegou a 4.032. Já o número de casos subiu para 47.021. A situação é mais crítica na Lombardia, no norte da Itália, onde foram notificadas 2.549 mortes e 22.264 casos, até o fechamento desta edição.

Márcia Maria Pereira, patense que reside em Bérgamo, Lombardia na Itália, se emociona ao falar sobre a situação no país. Ela pede seriedade e que a população compreenda a gravidade da situação. "As pessoas morrem pelo coronavírus. É uma guerra biológica", diz a moradora, emocionada. Na França, as pessoas vivem no isolamento e só podem sair por motivos essenciais. O descumprimento da norma resultará em penalidades.

Independente do país, a situação é séria e exige cuidados. Seguir as medidas de prevenção ainda é a solução mais adequada, como: lavar as mãos com sabão e água ou álcool em gel, evitar aglomerações, manter distância mínima de um metro de outras pessoas, cobrir o rosto com a parte interna do braço ao tossir e espirrar e evitar contato físico.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG