Média de 11 casos de Aids são registrados por mês em Patos de Minas

Tem crescido o número de casos de HIV na faixa etária entre 14 a 22 anos

por Odair Cardoso.
26/07/2018 - 16h58

Patos Já - Média de 11 casos de Aids são registrados por mês em Patos de Minas

Enquanto está sendo realizada em Amsterdã na Holanda, a 22ª Conferência Internacional de Aids, para discutir o aumento e as ações que precisam ser tomadas cumprir as metas globais para eliminação da doença até 2030, em Patos de Minas a informação é de que tem aumentado o registros de casos. Além disso a tem crescido o número de infectados na faixa etária entre 14 a 22 anos. 

O Relatório divulgado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) indica, pela primeira vez, que as metas globais para eliminação da aids até 2030 correm o risco de não ser cumpridas. De acordo com o relatório, intitulado Um Longo Caminho a Percorrer – Fechando Lacunas, Quebrando Barreiras, Corrigindo Injustiças, a resposta global ao HIV encontra-se em um ponto delicado e o ritmo do progresso não está em linha com a ambição global.

Em Patos de Minas, longe da discussão internacional, mas antenada ao tema, a coordenadora do programa municipal de combate a AIDS e hepatites virais, Tatiana Nassor, alerta que a média verificada nos anos anteriores era de 7 casos por mês. No entanto, segundo ela, a situação piorou. Em 2018 até junho foram registrados 11 casos mensais.

Ainda conforme Tatiana Nassor, hoje no nosso município, pelo menos 380 pacientes com a doença fazem tratamento. O número quase dobra quando somado com todos os casos de Aids registrados nos 21 municípios da região, que são atendidos em Patos de Minas, chegando a 667 pessoas contaminadas.

Outro dado que chama a atenção, está relacionado as faixas etárias. Segundo Tatiana apesar de atender pacientes de todas as idades, a maior incidência de casos da doença continua sendo de pessoas com idades entre 27 a 40 anos. Mas ela alerta que tem crescido bastante a contaminação da população mais jovem, de14 a 22 anos. A coordenadoras destacou ainda que os testes rápidos podem ser realizados em todos as unidades de saúde.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG