Mesmo permanecendo na onda verde, aumenta o grau de risco para a microrregião de Patos de Minas

Segundo a prefeitura o Hospital Regional está com lotação máxima nas UTIs gerais, desde o dia 18 de outubro

por Redação Patos Já
22/10/2020 - 17h00

Patos Já - Mesmo permanecendo na onda verde, aumenta o grau de risco para a microrregião de Patos de Minas

Pela segunda semana consecutiva, a microrregião de Patos de Minas permanecerá na onda verde do plano Minas Consciente. No entanto, em um comunicado divulgado na tarde desta quinta-feira (22), a prefeitura alertou que para o aumento no grau de risco em quatros pontos: de 7 para 11.

Segundo o texto, o principal responsável pela piora na nota é o indicador que mede a proporção de leitos de UTI adulto/SUS ocupados. Esse índice subiu de 41% na avaliação anterior para 61% na atual, passando de baixo para médio risco.

A nota lembra que a proporção de leitos de UTI ocupados é o indicador considerado mais importante para monitorar a capacidade de resposta do sistema público de saúde, pelo Estado. O índice é calculado pela razão entre o número de internados e a quantidade de leitos existentes, isso considerando as UTIs adulto de forma geral.

Ainda conforme o comunicado, são 58 vagas em UTI, sendo 19 para Covid-19 e 39 para outras doenças. Nesta quinta-feira, há cinco leitos ocupados por pessoas com coronavírus e 26 por pacientes com demais enfermidades. Isso representa ocupação geral de 53,44% em UTIs do SUS. No Hospital Regional, por exemplo, há lotação máxima nas UTIs gerais, cenário que persiste desde o dia 18 de outubro.

Sobre a utilização do hospital de Campanha, a prefeitura informou que 9 dos 23 leitos clínicos estão equipados com respiradores e outros aparelhos necessários em casos mais graves de infecção por coronavírus.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG