Ministério Público recomenda que prefeitura de Patos de Minas assuma a administração do Hospital São Lucas

Um prazo de cinco dias foi dado ao prefeito José Eustáquio, para a requisição administrativa

por Redação Patos Já
28/03/2020 - 08h00

Patos Já - Ministério Público recomenda que prefeitura de Patos de Minas assuma a administração do Hospital São Lucas

O Ministério Público recomendou ao prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio Rodrigues, que requisite administrativamente os bens e serviços ao Hospital São Lucas, com uma ocupação temporária, que em princípio se daria por um prazo de seis meses. A prefeitura passaria a executar todas as atividades do hospital, sobretudo quanto aos serviços de hemodiálise e CTI.

A recomendação foi publicada após reunião realizada na 1ª Promotoria de Justiça, com a presença da advocacia-geral do município, Secretaria Municipal de Saúde e Coordenadoria da Vigilância em Saúde. O promotor de justiça, Rodrigo Domingos Taufick, recomenda que "a requisição seja publicada e efetivada no prazo máximo de cinco dias, na medida em que há previsão de que o número de casos aumente em larga escala a partir do meio da próxima semana".

No texto, o promotor também sugere que o prefeito articule uma ação consorciada entre os municípios da região, para custear os atendimentos médicos. O prefeito José Eustáquio Rodrigues, ainda não se manifestou sobre a recomendação do Ministério Publico.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG