Secretário de saúde patense teme que abertura de academias provoque transmissão comunitária da Covid-19, mas situação é reconhecida desde 20 de março

Ministério da Saúde declarou transmissão comunitária nacional há quase dois meses

por Ludmilla Bahia
12/05/2020 - 23h00

Patos Já - Secretário de saúde patense teme que abertura de academias provoque transmissão comunitária da Covid-19, mas situação é reconhecida desde 20 de março

As academias, barbearias e salões de beleza foram considerados serviços essenciais e por decreto do presidente Jair Bolsonaro, publicado nesta segunda-feira (11), poderiam ser reabertos. Entretanto, o Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que cabe aos estados e municípios decidir as ações no enfrentamento ao coronavírus.  Muitos entes federativis ignoraram o decreto presidencial e permanecem com as atividades suspensas.

Em Patos de Minas, dessa nova lista, apenas as academias permanecem fechadas. O novo secretário de saúde de Patos de Minas, o advogado Carlos Antônio Silva Resende, sinalizou em entrevista para a abertura desses locais, mas só depois de análise rigorosa.  

O secretário teme que a retomada das atividades provoque a transmissão comunitária de coronavírus e uma escalada de infectados. Entretanto, o Ministério da Saúde declarou transmissão comunitária nacional desde 20 de março de 2020. Veja a reportagem completa.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG