Servidores da educação devem entrar em greve na próxima semana em Minas

Dentre as reivindicações estão o pagamento do Piso Salarial e o repasse da receita pelo Estado à Educação

por Paula Mota
06/02/2020 - 10h00

Patos Já - Servidores da educação devem entrar em greve na próxima semana em Minas

Funcionários em Educação, anunciaram na tarde desta quarta-feira (5), uma greve por tempo inderterminado, na rede estadual de ensino.

Representantes de todas as regiões do estado de Minas Gerais se reuniram no pátio da Assembleia Legislativa. A greve está programada para o dia 11 de fevereiro.

A categoria reivindica propostas de pagamento do Piso Salarial Profissional e Nacional e o cumprimento estrito do repasse de 25% da receita corrente líquida do Estado para a Educação – o que não foi feito no ano passado, pelo governo Zema.

Além disso, eles pedem também a quitação do 13º salario de 2019, a interrupção de políticas que dificultam o acesso à Educação, como, segundo eles, o sistema de pré-matrículas online, Plano de Atendimento, fusão de turmas, demora na publicação das remoções e resolução de designação.

A nova greve não tem tempo determinado.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG