Delegado diz que a dentista Roberta Pacheco pode ter sofrido overdose

A Polícia Civil investiga quais substâncias a vítima teria feito uso no dia em que foi hospitalizada e em que circunstancias isso ocorreu

por Odair Cardoso
25/03/2019 - 17h40

Patos Já - Delegado diz que a dentista Roberta Pacheco pode ter sofrido overdose

A Polícia Civil de Patos de Minas continua investigando o caso da dentista Roberta Pacheco, que na madrugada do dia 5 de março, após convulsões e parada cardiorrespiratória, ficou 12 dias internada em estado grave até o falecimento. Diversos exames foram realizados e o delegado, Érico Rodovalho, responsável pelo caso, disse que existem evidências de que a morte teria sido provocada por overdose.

As investigações apuram se de alguma maneira teria ocorrido o envolvimento do médico Daniel Tolentino, no uso das substâncias que foram encontradas no corpo da jovem.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG