Família de dentista em coma organiza manifestação para cobrar providências sobre o caso

A mobilização acontecerá nesta sexta-feira (15), às 17h30, em frente ao Hospital Regional

por Débora Araújo
15/03/2019 - 11h20

Patos Já - Família de dentista em coma organiza manifestação para cobrar providências sobre o caso

A dentista Roberta Pacheco, de 22 anos, continua internada em coma induzido no CTI do Hospital Regional, onze dias depois de ter sido hospitalizada com convulsão e hematomas. Segundo familiares da jovem, ela precisou passar por hemodiálise e seu quadro de saúde permanece estável.

Os resultado dos exames devem sair a qualquer momento. A Polícia Civil segue investigando o que realmente aconteceu no quarto de hotel onde Roberta estava com o namorado na noite do dia 4 de março, quando precisou ser socorrida em estado grave.

O então companheiro dela nega qualquer agressão, no entanto a polícia analisa se ele tem algum envolvimento no caso e se a jovem teria ingerido algum tipo de medicamento ou substância entorpecente.

Angustiada, a família da dentista organiza uma manifestação, marcada para esta sexta-feira (15), a partir das 17h30, em frente ao Hospital Regional. Segundo o tio de Roberta, os familiares da jovem acreditam que houve agressão física e, entre as reivindicações previstas para a mobilização, está a agilidade nas investigações e o incentivo à luta pelo fim da violência contra a mulher.

Os organizadores da manifestação convidam toda a população para participar do ato, que será pacífico. Além de cobrar o aprofundamento nas investigações, os presentes também farão orações pela sobrevivência da jovem Roberta.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG