Homem fica gravemente ferido após ser baleado próximo ao Cristavo

Suspeito de efetuar os disparos e suspeito de ser o mandante foram presos

por Aiandra Faria
02/10/2021 - 16h30

Patos Já - Homem fica gravemente ferido após ser baleado próximo ao Cristavo

Uma tentativa de homicídio foi registrada na noite dessa sexta-feira (1) no fim da Avenida Brasil, próximo ao campo de futebol existente no Cristavo. O crime aconteceu por volta das 22h. Um homem foi atingido por cerca de cinco disparos e ficou gravemente ferido. O suspeito de atirar contra a vítima e o possível mandante foram presos.

A Polícia Militar recebeu diversas chamadas informando que havia uma vítima de disparos de arma de fogo na Praça do Cristavo. No local policiais se depararam com a vítima, identificada como Walisson Basílio Ferreira, de 26 anos, conhecido como “Tega” sendo socorrida por populares até o Hospital Regional. Ele estava bastante ensanguentado. A informação é de que a vítima mora no Bairro Quebec.

A perícia foi acionada e esteve no local da tentativa de homicídio. Segundo a médica plantonista, a vítima foi atingida por cinco disparos e estava em estado grave.

Testemunhas, que não quiseram se identificar, informaram que o autor dos disparos seria Rony Reberty Braga de Oliveira, de 21 anos. De posse de um revólver ele teria se aproximado da vítima e efetuado diversos disparos, as testemunhas ouviram cerca de seis tiros.

Durante diligências, a PM recebeu novas informações de que Rony estaria com Charles Henrique Corrêa, de 20 anos, no momento do crime e que Rony teria fugido sentido a Rua da Ladeira e que estaria escondido na casa de uma pessoa conhecida como “Nem”, que mora na Travessa Santa Efigênia.

Diante das informações, equipes da PM montaram operação na casa de Nem. Rony não foi localizado no imóvel, entretanto, equipes que estavam no cerco nas imediações da casa ouviram barulho de alguém correndo em meio ao mato e após alguns minutos, militares que estavam na Rua São Jorge, viram Rony saindo de uma mata, que fica nos fundos da casa de Nem. Rony estava ofegante e apresentava cansaço.

A PM ordenou que Rony parasse, porém ele fugiu e entrou em outra residência da Rua São Jorge. A casa foi cercada pelos militares, que o encontraram escondido próximo a um tanque de lavar roupas. O suspeito, que foi preso, estava com um celular, que foi apreendido.

Para a polícia, Rony disse que a pedido Chalão efetuou disparos contra Walisson e que depois fugiu sentido a Rua da Ladeira, onde encontrou com Charles e entregou a ele a arma usada no crime. Rony não revelou o motivo pelo qual Charles pediu a ele para matar a vítima, ou se havia promessa de recompensa pela prática do crime.

Equipes fizeram novas diligencias no intuito de localizar o mandante da tentativa de homicídio. O homem não foi localizado na sua casa, que fica na Rua São Cristóvão, também no Bairro Nossa Senhora Aparecida. Mas, durante diligências, Charles foi visto nas imediações da Rua Joaquim Fubá, na condução de uma bicicleta. Ao perceber a presença da viatura, ele demonstrou nervosismo e tentou fugir, mas, foi alcançado e preso.

Charles negou as denúncias e disse que sabia que Rony havia efetuado os disparos contra Walisson, mas, que não tinha nenhuma relação com o crime.

A Polícia foi até a casa de Charles e lá encontrou uma barra de maconha escondida em meio a entulho de madeira. Em um carro foram localizadas mais quatro barras de maconha. Com auxilio de cães da Rocca foram localizadas mais 13 buchas da droga nos fundos da casa.

Charles assumiu a propriedade da droga. A arma de fogo usada no crime não foi localizada. Diante disso Rony foi preso por tentativa de homicídio e Charles por ser o mandante do crime, além de tráfico. A arma usada na ação não foi localizada.



Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG