Inquérito que investiga morte da dentista Roberta Pacheco, deve ser concluído ainda este mês

O caso aconteceu em março de 2019, e segundo o delegado responsável, não há dúvidas quanto a autoria

por Redação Patos Já
10/01/2020 - 09h40

Patos Já - Inquérito que investiga morte da dentista Roberta Pacheco, deve ser concluído ainda este mês

A morte da dentista Roberta Pacheco, de 22 anos, foi confirmada no dia 17 de março de 2019. No dia 5 do mesmo mês, a jovem que estava na companhia do namorado, o médico Daniel Tolentino, foi socorrida e levada para o Hospital Regional com um quadro de convulsivo. A dentista teve parada cardiorrespiratória. O casal estava em um hotel próximo ao Terminal Rodoviário de Patos de Minas quando tudo aconteceu.

Quase um ano depois, a família ainda aguarda pelo fim das investigações que irão elucidar e concluir todos os pontos caso, que é bastante complexo, segundo o delegado responsável, Érico Rodovalho. Mas a espera pode estar perto do fim, uma vez que a previsão da polícia é que até o fim deste mês o inquérito seja finalizado.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG