Maioria das vítimas de homicídios em Patos de Minas são jovens com idades entre 15 e 30 anos

De acordo com os dados da Polícia Civil, entre as principais causas das mortes, está o tráfico de drogas

por Odair Cardoso
Fonte: Foto: arquivo Patos Já.
10/07/2019 - 11h10

Patos Já - Maioria das vítimas de homicídios em Patos de Minas são jovens com idades entre 15 e 30 anos

Com mais de 80 homicídios registrados em Patos de Minas desde 2016 até este primeiro semestre de 2019, segundo dados levantados pelo Patos Já, junto a Polícia Civil, o tráfico de entorpecentes é o principal fator de causas para esta modalidade de crime. A informação foi confirmada esta semana pelo delegado Érico Rodovalho, responsável pela Delegacia de Crimes Contra a Pessoa.

Em todo o Estado de Minas Gerais, conforme o Atlas da Violência, que é produzido pelo Ipea, são 42.995 assassinatos em 10 anos, com base nos números do Ministério da Saúde, sendo que no segundo bimestre de 2019, a constatação é de 501 mortes violentas. Em Patos de Minas, dados mais recentes dos últimos anos, revelam que o numero de homicídios tem crescido consideravelmente.

Há quatro anos à frente do cargo, Érico Rodovalho destacou que a incidência maior é contra vítimas do sexo masculino, com faixa etária mínima de 15 anos até pessoas com 30 anos de idade na maioria dos casos. A motivação principal verificada pela Polícia Civil é o tráfico de drogas. Na sequências aparecem as disputas entre bairros, além de outras situações em menor número, relacionadas às brigas e desentendimentos passionais.

Considerando vítimas de ambos os sexos e com idades variadas, o levantamento mostra o seguinte quadro:

2016 - 20 homicídios.

2017 - 23 homicídios.

2018 - 25 homicídios.

2019 - de janeiro até o mês de Julho - 15 casos / 17 vítimas de homicídio.

No entanto, Érico Rodovalho ressaltou que os trabalhos investigativos para apurar motivação, causa e autoria destes assassinatos, vem sendo desenvolvidos de maneira bastante satisfatória, desvendando, a maioria dos crimes apurados, com autores já presos ou com mandados em aberto. Segundo ele, em 2018 dos 25 homicídios ocorridos apenas um caso está pendente de autoria. Em 2019, o delegado afirmou que praticamente todos os 17 já foram elucidados pela Polícia Civil.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG