Polícia investiga se comerciante foi vítima de homicídio ou latrocínio

Segundo a polícia, mesmo que tudo indique que o caso tenha sido latrocínio, nenhuma hipótese está descartada

por Odair Cardoso
01/04/2019 - 15h30

Patos Já - Polícia investiga se comerciante foi vítima de homicídio ou latrocínio

Na noite desse sábado (30) em Patos de Minas, o dono de uma mercearia localizada no bairro Santa Terezinha, foi morto com um tiro no no peito. O crime aconteceu na esquina da Rua Rui Barbosa com a Rua Carmo do Paranaíba e a polícia investiga se a morte teve como causa um latrocínio, que é quando se mata alguém para roubar, ou se teria sido homicídio.

Por volta das 23h, o comerciante Joaquim Elias Silva, de 56 anos, fechava a mercearia quando foi surpreendido por dois homens. Um deles chegou a entrar em luta com a vitima. Durante as agressões o criminoso disparou um tiro que segundo a Polícia Militar atingiu o peito de Joaquim e saiu pelas costas.

Um familiar contou para a nossa reportagem que Joaquim era muito honesto, trabalhador e bastante conhecido no bairro, onde trabalhava há vários anos. O delegado Ewerton Evangelista esteve na cena do crime e acompanhou todo o trabalho de pericia. A policia acredita que uma arma calibre 38 foi utilizada para matar o comerciante.

Esta não teria sido a primeira vez que a mercearia foi alvo de criminosos. Segundo a PM, recentemente um bandido usou um machado para arrombar a porta e furtar no local, desde então o comerciante teria optado por colocar um sistema de segurança. A polícia não descarta a hipótese de homicídio, apesar de que a princípio tudo indique que o caso tenha sido latrocínio.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG