Polícia registra ameaça e agressão no Hospital São Lucas em Patos de Minas

Um facão e uma pá, foram apreendidos durante o desentendimento entre o dono do hospital e um funcionário da FUNAM

por Redação Patos Já
13/05/2019 - 10h50

Patos Já - Polícia registra ameaça e agressão no Hospital São Lucas em Patos de Minas

Mais uma ocorrência foi registrada pela Polícia Militar motivada por atritos no Hospital São Lucas em Patos de Minas, depois da decisão judicial determinando que um interventor passe a gerenciar o hospital. Após o princípio de tumulto da semana passada entre o proprietário do hospital e representantes do grupo que vinha administrando o local, desta vez houve troca de ameaças e até agressão.

Na última sexta-feira a polícia já tinha feito ocorrência a respeito de um desentendimento entre o Dr. Sergio Piau e representantes da fundação que até então administrava o São Lucas, por causa da retirada de um equipamento de esterilização. Mas após muita discussão, e com a presença dos advogados das partes, chegou-se a um acordo permitindo que o autoclave pudesse ser levado do hospital.

Na manhã desta segunda-feira (13) segundo a Polícia Militar, o Dr. Sergio Piau, fez novo acionamento denunciando que o hospital está sob intervenção, mas que funcionários da FUNAM já teriam retirado vários equipamentos do local, o que provocou um novo embate.

Na versão do funcionário, o proprietário do hospital invadiu sua sala de trabalho portando uma pá, e que em meio a discussão lhe agrediu com um soco no rosto. O funcionário afirmou ter se armado com um facão, para segundo ele, se defender do ataque. Os dois foram levados para delegacia, onde assinaram um termo circunstanciado de ocorrência.

Em sua defesa o Dr. Sérgio Piau lembrou que na quinta-feira foi assinado um termo de não retirar outros equipamentos, até que a Justiça autorizasse. No entanto, o médico disse que no fim de semana foram levados 11 monitores e 4 respiradores do CTI, o que inviabilizou a internação de pacientes. Nesta segunda-feira outros dois monitores estavam levados e Piau decidiu impedir que isto ocorresse. Sergio contou que foi o funcionário da FUNAM que se armou com um facão e por isso se apossou de uma pá, mas que não o agrediu com um soco.

Nossa reportagem tentou entrar em contato com o interventor designado pela Justiça, para falar sobre a situação, mas fomos informados que ele está em viagem fora do país e que retornará na próxima semana.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG