Por 12 votos a 4, vereadores cassam mandato de Marquim das Bananas, por quebra de decoro parlamentar

Marquim das Bananas foi acusado de assédio sexual

por Matheus Borges
04/11/2021 - 16h20

Patos Já - Por 12 votos a 4, vereadores cassam mandato de Marquim das Bananas, por quebra de decoro parlamentar

O vereador Marcos Antônio Rodrigues-Marquim das Bananas- (PSD), terá seu mandato cassado, após ser denunciado de assédio sexual contra uma ex-assessora de seu gabinete. A decisão foi tomada por seus pares, por meio da sessão de julgamento, que aconteceu nesta quinta-feira (04). A Polícia Civil continua investigando o caso.

A sessão de julgamento aconteceu de portas fechadas. Após mais de sete horas de trabalho, a decisão foi tomada por seus colegas de legislativo. 12 vereadores foram a favor da cassação e quatro contra, sendo estes últimos: Lázaro Borges, Itamar André, João Marra e Bartolomeu Ferreira.

Relembre:

Marquim das Bananas, é natural de Patos de Minas, nasceu em 14 de maio 1976. Marcos Antônio Rodrigues concorreu ao cargo de vereador nas eleições de 2012, pela coligação PSC, PR e PTC e recebeu 955 votos, porém não foi eleito. Em junho de 2016 era o primeiro nome na lista de suplentes para ocupar a vaga deixada na casa legislativa, após a morte do vereador Lindomar Tavares, que faleceu vítima de um AVC. Após o trâmite , em 14 de junho de 2016, tomou posse. O então vereador, teve menos de seis de trabalho.

Em 2020, Marquim das Bananas, mais uma vez, se candidatou para vereador em Patos de Minas, pelo Partido Social Democrático (PSD).  Marcos recebeu 1828 votos, ou seja, 2,54% e foi eleito vereador em Patos de Minas, o segundo  mais bem votado, atrás apenas de João Marra que recebeu 5992 votos.

Após ser acusado de assédio sexual, em julho deste ano, por uma ex-assessora de seu gabinete, foi instaurada uma Comissão Processante para apurar os fatos. O parecer da Comissão, formada pelo relator José Eustáquio de Faria Júnior,  pelo presidente Cabo Batista e pelo terceiro membro, vereador Mauri da JL, foi pela cassação do mandato de Marquim das Bananas.

A votação dos demais demais vereadores foi realizada nesta quinta-feira (04), na Câmara Municipal de Patos de Minas.A reunião extraordinária teve o rito determinado no Decreto Lei 201 de 1967. Inicialmente o processo foi lido em plenário, logo após cada vereador teve até 15 minutos de fala, caso quisessem se manifestar. Na sequência o advogado de defesa pôde fazer uso da palavra por duas horas, quando então começou a votação nominal com os parlamentares respondendo sim ou não.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG