COPASA foi tema principal em reunião na câmara dos vereadores

Falta de água e taxa de esgoto foram discutidos por legisladores

por Gabriela Pires
Fonte: Gabriela Pires Fotos: Douglas Almeida
01/09/2017 - 11h09

Patos Já - COPASA foi tema principal em reunião na câmara dos vereadores

Aconteceu na tarde desta terça-feira (31) a 3ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Patos de Minas. Na ocasião, os vereadores cobraram da comissão fiscalizadora, as medidas que estão sendo tomadas para notificações à COPASA pela falta de água e tratamento de esgoto na cidade.

Em resposta, a COPASA disse que cerca de 30% do esgoto é tratado em Patos de Minas, e que a previsão para até o ano de 2019, a empresa consiga tratar cerca de 80% do esgoto da cidade. A estação de tratamento não possui medidores. A companhia afirmou que até o mês de setembro, os mesmos serão instalados. 100% do esgoto da cidade é  lançado no Rio Paranaíba todos os dias, e a cobrança da taxa ainda acontece, o que para os vereadores,  é totalmente indevida.

Problemas como o vazamento  de água, que ocorreu há mais de 30 dias seguidos em uma instalação,  no Bairro Jardim Panorâmico, e a falta de água para os moradores do distrito de Alagoas, foram colocadas em pauta. Só nos últimos meses, duas notificações a respeito das obras, e falta hídrica foram encaminhadas pela comissão que fiscaliza a COPASA. A empresa ainda não disse o que deve ser feito. 


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG