Educador físico formaliza denúncia contra vereador Vitor Porto

A denúncia e o parecer da procuradoria serão levados à assembleia na Câmara Municipal na próxima quinta-feira (16).

por Caio Machado
13/12/2021 - 18h10

Patos Já - Educador físico formaliza denúncia contra vereador Vitor Porto

O educador físico Hudson Wiris formalizou na tarde desta segunda-feira (13), uma denúncia contra o vereador Vitor Porto (Cidadania), alegando que ele não cumpriu a promessa de campanha de nomeá-lo diretor da Praça CEU.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, o vereador Ezequiel Macedo (PP), a denúncia foi recebida as 14h e encaminhada para a procuradoria, a fim de que um parecer seja emitido casos os requisitos estejam todos cumpridos.

A denúncia e o parecer da procuradoria serão apresentados na próxima assembleia, que será realizada na quinta-feira (16) para apreciação do plenário. Haverá uma votação para aceitação ou não da denúncia.

Caso seja acatada, a comissão processante composta por três vereadores será criada por sorteio e eles terão até 90 dias para a emissão do relatório final. Wudson também pretende levar a denúncia ao Ministério Público.

 

Entenda a denúncia

No dia 26 de novembro de 2021, Hudson Wiris procurou diversos veículos de imprensa para relatar que Vitor Porto o teria prometido a diretoria da Praça CEU, caso ele o ajudasse na campanha eleitoral no ano de 2017.

Porto ocupava o cargo na ocasião em que tentou se eleger como deputado estadual e Wiris realizava um projeto social no local, o que fez com que os dois se conhecessem e criassem vínculos.

A parceria dos dois continuou até as eleições municipais em que Vitor Porto foi eleito vereador pelo partido Cidadania com 1.076 votos. Com a vacância do cargo, Wiris estaria livre para dirigir a Praça CEU.

Entretanto, a promessa de nomear Wiris como diretor não teria sido cumprida, segundo o educador físico. Vitor teria alegado que ele tornaria Wiris assessor ou pagaria 2000 reais caso tudo não saísse como planejado.

Após quase um ano, Wiris não foi nomeado ao cargo, mas chegou a receber depósitos esporádicos de quantias em dinheiro por intermédio do pai do vereador Vitor Porto.

Cansado de esperar, e inspirado pela denúncia que resultou na cassação do vereador Lásaro Borges, Hudson Wiris decidiu revelar a situação para a imprensa e protocolar a denúncia.

No dia 26 de novembro, o vereador Vitor Porto veio a público e surpreso negou que teria oferecido o cargo a Wiris e disse que o dinheiro depositado seria para custear um curso de técnico de futebol, ao até então “amigo próximo”.


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG