Prefeito de Patos de Minas afirma que irá romper administrativamente com a Copasa rescindindo o contrato

A declaração foi dada durante reunião extraordinária do legislativo patense

por Odair Cardoso
09/12/2021 - 17h50

Patos Já - Prefeito de Patos de Minas afirma que irá romper administrativamente com a Copasa rescindindo o contrato

O prefeito de Patos de Minas, Luis Eduardo Falcão, participou nesta quinta-feira (9), da reunião extraordinária da Câmara Municipal, onde declarou que irá acatar as recomendações do relatório final da CPI da Copasa, promovendo a rescisão do contrato entre o município e a companhia de saneamento.

Durante a sessão, Falcão afirmou que os moradores não estão satisfeitos com os serviços prestados pela empresa. "A população não quer mais a Copasa em Patos de Minas e eu preciso atender a população. Então eu estou hoje aqui para dizer que o relatório será acatado”, afirmou o gestor.

O prefeito ainda relembrou as multas aplicadas em mais de R$ 1 milhão, além das cobranças a empresa em relação a estação de tratamento de esgoto no bairro Quebec, além de prazos acordados descumpridos. Para o Luis Eduardo, esta será uma longa demanda. “Nós vamos romper com a Copasa administrativamente. Isso não significa que ela sai aqui de Patos na semana que vem, no mês que vem, porque é obvio que a companhia vai questionar isso na justificativa”, destacou.

Em sua fala, Falcão ainda criticou outras administrações, por não terem tomado as medidas necessárias para o rompimento com a companhia, ressaltando que, “o contrato não teve licitação nem mecanismo de dispensa de licitação, e que foi assinado no apagar das luzes em 2008, sem discussão com a sociedade”, afirmou o prefeito.


Patos Já - Prefeito de Patos de Minas afirma que irá romper administrativamente com a Copasa rescindindo o contrato


Comentários
Os comentários não representam a opinião do portal e são de responsabilidade do autor

  • NossaFM 105,9 - Patos de Minas/MG
  • NTV - Patos de Minas/MG
  • NossaFM 96,3 - Oliveira/MG